Scroll Top

Conteúdos

As palavras e seu incrível poder em desconstruir nossa memória

Você acha possível desconstruir um fato gravado na sua memória com uma simples mudança de palavra?

Não acredita nisso?

Quer saber de mais detalhes?

Então acompanhe o experimento aqui abaixo.

Pesquisadores americanos apresentavam um vídeo curto de um acidente automobilístico para um grupo de pessoas.

No vídeo aparecia dois carros que batiam em uma esquina.

Um dia depois, perguntava-se às pessoas que viram o vídeo:

“A que velocidade os carros bateram um com o outro?”

A média das pessoas respondia a 30 km/h.

Eles também diziam que não tinha vidro quebrado na cena, nem pessoas feridas.

Depois, perguntaram para outras pessoas do mesmo grupo:

“A que velocidade os carros se estraçalharam um com o outro?”

Desta vez a média das pessoas respondia 70 km/h e diziam que tinham visto vidro quebrado.

A mudança de uma palavra, de “bateram” para “estraçalharam”, mudava completamente uma coisa que a pessoa já tinha visto antes.

Desta forma, o teste comprou que:

A mudança de uma palavra influencia na mudança de significado e no conteúdo de uma memória adquirida previamente.

Isso é muito importante, por exemplo, para testemunhos de um crime.

Uma coisa é perguntar:

“A que velocidade ia o maldito assassino quando enfiou a faca no coitado do morto?”

Outra coisa é perguntar:

“A que velocidade ia o acusado quando chegou perto com a faca?”

Agora você já consegue imaginar a diferença que as palavras podem causar na interpretação da nossa memória.

Isso muda completamente o mundo. Muda a história. Inclusive, uma série americana chamada Making a Murderer,

critica o método de coleta dos testemunhos da justiça americana. A forma como uma pergunta é feita influencia no que é respondido.

 

Considerações: o trabalho do copywriter exige uma perícia meticulosa no emprego das palavras.

Cada palavra escolhida tem que ser criteriosamente selecionada. Não pode haver sobra de palavras.

Todo copywriter deve saber justificar muito bem o porquê da escolha de qualquer palavra utilizada na sua copy.

Muitas vezes um texto é curto e simples, mas isso não significa que o trabalho foi fácil e rápido. Há um trabalho meticuloso por trás.

Gosto muito de uma frase que diz: “Fiz essa carta longa, pois não tive tempo de fazê-la curta”.

Por outro lado, não se pode esquecer de uma famosa frase do pai da propaganda David Ogilvy que diz: “The more you tell, the more you sell

Enfim, tudo é questão de saber fazer a dosagem correta, no momento certo e para o público certo, levando sempre em conta, o objetivo pretendido.

 

Sobre o autor | Website

Sou um profissional especialista em Copywriting e quero ajudar você a atingir em cheio seu público-alvo para que....

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.